Sobre Sobre

Notícias

Fique por dentro das notícias, dicas e informações médicas
de Umuarama e Região.

Norospar faz campanha de combate ao câncer infantil

Postado em 18/Fev/2021

O dia 15 de fevereiro é o Dia Mundial de Luta Contra Câncer Infantil e o Hospital Norospar de Umuarama – referência em Pediatria para toda a região, convida pais e familiares de crianças e adolescentes para saberem mais sobre a doença, que é a que mais mata na faixa etária de 1 a 19 anos de idade no Brasil. 
O conteúdo informativo está disponível nas redes sociais oficiais do Norospar, no Facebook  e no Instagram @norospar CLIQUE E ACESSE. O espaço é interativo e os seguidores podem deixar dúvidas e fazer sugestões sobre os assuntos abordados, que serão respondidos por médicos e profissionais de saúde do hospital. 
O objetivo da instituição é divulgar a importância do diagnóstico precoce. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, quando descoberto no início, os pacientes com câncer infantojuvenil tem em torno de 80% de chances de cura, podendo levar uma vida normal. 

CÂNCER EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES
O câncer infantojuvenil corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. 
Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afetam os glóbulos brancos), os que atingem o sistema nervoso central e os linfomas (sistema linfático).
Nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi extremamente significativo. Hoje, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos da doença podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. A maioria deles terá boa qualidade de vida após o tratamento adequado.

PREVENÇÃO
Nos tumores da infância e adolescência, até o momento, não existem evidências científicas que deixem claro a associação entre a doença e os fatores ambientais. Logo, prevenção é um desafio para o futuro. A ênfase atual deve ser dada ao diagnóstico precoce e à orientação terapêutica de qualidade.

SINTOMAS
Febre, infecções recorrentes, palidez, dores ósseas, surgimento de massa no abdome (com ou sem dor), dores de cabeça, alterações motoras, vômito, paralisia de nervos, fotofobia (sensibilidade à luz), “reflexo de olho de gato” (embranquecimento da pupila quando exposta à luz), são alguns sintomas relacionados ao câncer infantil. 

DIAGNÓSTICO PRECOCE
O diagnóstico precoce é a melhor arma para lutar contra o câncer infantil. Na maioria das vezes, os sintomas estão relacionados a doenças comuns na infância, podendo confundir os pais, que devem ficar atentos e procurar orientação médica sempre que a criança apresentar alguma alteração ou sintoma de doença. 

A IMPORTÂNCIA DAS CONSULTAS DE ROTINA
O acompanhamento médico é fundamental nos primeiros anos de vida e os pais devem cumprir a risca o calendário de consultas da criança e manter em dia a carteirinha de vacinação. O pediatra está preparado para diagnosticar e tratar corretamente doenças infantojuvenis e, em caso de diagnóstico de câncer, orientar e encaminhar os pais aos serviços e tratamentos especializados.

URGENTE 
Além das consultas de rotina, a família deve levar a criança ao pediatra, imediatamente, em caso de sinais e sintomas como: febre, palidez, desmaios, dores ósseas, surgimento de massa no abdome (com ou sem dor), surgimento de hematomas sem choque físico, dores de cabeça, alterações motoras, vômito, paralisia de nervos, fotofobia (sensibilidade à luz), “reflexo de olho de gato” (embranquecimento da pupila quando exposta à luz). Esses e outros sintomas são frequentemente relacionados ao câncer infantil, mas também podem ser indícios de outras doenças. O ideal é consultar o especialista o quanto antes. 


*Conteúdo adaptado da página oficial do INCA. 

Deixar comentário